...

...

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008



..."Suponho que me entender
não é uma questão de
inteligência e
sim de sentir,
de entrar em contato
...Ou toca, ou não toca..."

(
Clarice Lispector)












4 comentários:

Anônimo disse...

Nanny, vejo que admira o trabalho de Clarice, pergunto-me se tens tumultuada a alma como a própria.
Mas não posso fazê-lo assim por auto, o que importa é que gostei muito do teu blog e me sinto tentado a começar o meu.
Se um dia ousá-lo, contactá-lá-ei, para dar-lhe os préstimos.
saúdo-te,
Um admirador...

Deia Roos disse...

Ou toca ou não toca...
Sabes que tocas, sabes que sentes...
Também sinto a alma assim embaralhada em meio aos devaneios.
Me identifico muito, assim como você, vária vezes a leitura me mostrou como se refletisse o espelho de minha alma...
Quem sabe um dia consigamos nos entender e entender os outros amiga, nas entrelinhas entendo o que sentes e preocupo-me contigo.
"Tu te tornas eternamente responsável por aqueles que cativas"
Beijos de luz em seu coração.

Paulo Roberto Wovst Leite disse...

cLARICE LISPECTOR SE INTERESSAVA PELA REAÇÃO QUE O QUE ESCREVEU PROVOCA NOS LEITORES, AINDA QUE NÃO SE EXPRESSASSEM POR PALAVRAS, TINHA GRANDE IMPORTÂNCIA PARA ELA A REPERCUSSÃO DE SEUS LIVROS NOS INDIVÍDUOS. DIZIA QUE OS LEITORES ERAM SEUS COOPERADORES. PORTANTO SE VIVA E PORTADORA DE UM BLOG, FARIA QUESTÃO DOS COMENTÁRIOS, OU SE SENTIRIA ISOLADA E NÃO ESCREVERIA MAIS.
TEM TAMBÉM A COMPREENSÃO QUE PASSA DE PELE PARA PELE (ELA CHAMAVA DE OSMOSE).

Só um toque,
carinho.

PQNA disse...

ola sou amiga do Wallace Puosso, e comentei com ele sobre seu blog pois gostei muito e ele me falou que te conhecia. Ele me falou q me levar até blumenau para te conhecer... até mais